Galeria

Memórias visuais, registros e outras ilustrações. Percorra!

 

I SIMPÓSIO DE ETNOBIOLOGIA E ECOLOGIA

I Simpósio de Etnobiologia e Ecologia UEFS, Feira de Santana, Bahia, BR – julho de 1996 Fundação da Sociedade Brasileira de Etnobiologia e Etnoecologia (SBEE) http://www.etnobiologia.org/ Na foto: Na primeira fila: Angelo Giuseppe Chaves Alves, (?), Elaine Elisabetsky (Alpina Begossi logo atrás e Germano Guarim Neto atrás dela), Darrell A. Posey, Marcio D’Olne Campos. No alto à esquerda Natalia Hanazaki de azul, entre Cris Seixas e Renato Silvano. À esquerda de Alpina: Marisa Gesteira Fonseca e Silvia Rossato. Duas fileiras atrás da Silvia é Nivaldo Nordi, de barba sorrindo. Gabriela Coelho de Souza na última fila no extremo direito. Agradeço a Natalia por várias descobertas nesta foto. A foto foi um presente de Angelo Giuseppe C. Alves a quem muito agradeço.

 

 

  • IV ESCUELA INTERAMERICANA DE ASTRONOMIA CULTURAL
    MAST, Planetário do Rio de Janeiro, SIAC
    Rio de Janeiro, 12-16/10/2015

Na IV EIAC foram homenageados “pela inestimável contribuição e pioneirismo no campo da Astronomia Cultural” os seguintes pesquisadores: Stephen McCluskey (Prof. Emérito da Universidade de West Virgínia, USA) Stanislaw Iwaniszewski (I. Nacional de Antropologia e História, México) Marcio D’Olne Campos (UNICAMP e UNIRIO, Brasil) (Ver placa)

 

ALDEBARÃ: Observatório a Olho Nu – CAMPINAS – UNICAMP

Aldebara2

Tubo central vasado projeta a luz do sol de meio dia (“a pino”) de 9/12 4e 3/1 no centro do Observatório no subterrâneo. Esse tubo serve de mira sobre o por do Sol ao longo das 4 estações (solstícios e equinócios).

 

PRAÇA – OBSERVATÓRIO, PERUÍBE, SP

image011

Paredes-Observatório e ao fundo as 3 direções paticulares do por do Sol:
– nos dois extremos: solstícios de dezembro e junho
– no centro: equinócios de março e setembro

 

PRAÇA – OBSERVATÓRIO, PERUÍBE, SP – Esfera Armilar

image012 (1)

Esfera Armilar Instrumento astronômico antigo,cujos anéis (armilas) representam os principais círculos da esfera celeste: horizonte, meridiano, trópicos, equador e o Zodíaco, representado pelo anel largo cujos orifícios são os centros da casas zodiacais.

Voltar para o topo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *